segunda-feira, 14 de março de 2016

Ainda querem reeleição!



EU, PREFEITO






A gestão atual, em vias da eleição tenta a qualquer custo viabilizar Valmir da Integral para o segundo mandato. Nem era para tentarem fosse o  Pará um estado mais civilizado e com potencial jurídico. E mesmo Brasília, onde tramite e adormece investigações de crimes documentados perpetrados por aqui.

A inauguração de obras de terceiros, superfaturadas e\ou inacabadas causam estranheza a população que começa a desconfiar que algo não vai bem mesmo nas altas esferas de poder.

Assassinatos, crimes de aluguel, roubos, formação de quadrilha, fraude em licitações, perseguições, reclamações de centenas de pessoas que foram ludibriadas por quem hoje vai as mesmas ruas e as mesmas casas atrás do voto redentor já não pega bem e é percebido.

Quatro anos longe das massas, atirando-lhes apenas restos e fragmentos para depois voltar e prometer mais afagos, filhos no colo, goles de água e algum trocado. Muda o filme.

Valmir da Integral e seu grupo perderam a noção da realidade mesmo. Governam uma cidade de sonhos, sem problemas sociais, sem necessidades, sem conflitos.

E com um bando de idiotas inocentes que não enxergam, não  percebem, não sentem.
Estão enganados. E se a dita oposição ajudar ou quiser, a inercia do antes inocentes pode ser acelerada e nem permitir uma campanha isenta. As vaias e protestos já sinalizam dificuldades para quem se acha tanto.

São irresponsáveis, pena não terem adversários a altura. Ou com percentuais do seu cinismo safado.

Esperemos os resultados  das urnas. Esperemos a movimentação da oposição. Busquemos a justiça com um pouco mais de celeridade. O mal não pode vencer sempre.

Prefeito, acorda. Apesar de ser relativamente tarde, suas artimanhas são hoje bens públicos. Sua troupe esta rica e acomodada.