segunda-feira, 7 de março de 2016

Totalmente opaco




TRANSLÚCIDO
OU TRANSPARENTE?


Eis a resposta para nossa última postagem, prefeito










Assistimos hoje a uma gestão municipal opaca, portanto nem translucida muito menos transparente. O grupo do prefeito atual tomou de assalto a máquina e não pretende larga-la tão cedo. Besta quem pensa que o PMDB de Hélder pode entregar todo o gás que Darci vai precisar para tirar Valmir do Morro dos Ventos.

Vai ser preciso mais que estratégia e inteligência, será necessário montanhas de dinheiro que com as restrições desse pleito será muito difícil arregimentar sem ter a máquina nas mãos. Por si apenas não tem para Darci. Vivemos numa cidade de interesses imediatos e de corrupção, é mais garantindo quem tem a máquina nas mãos.

Costumamos esquecer nas criticas ao grupo de Valmir que eles enganaram a todos. Não. Enganaram apenas quem eles não precisavam ou quem eles queriam vingar. Houve sim um amplo grupo beneficiado que vai fazer campanha para Valmir.

Darci pode até surpreender, mas tem contra ele a primeira derrota séria, a tomada do seu partido histórico por capangas de Valmir. Miquinhas, Euzébio e Joelma são da base do governo, o presidente do PT é tão fake que esta mamando nas tetas do gabinete há muito tempo.

Sem partido é a primeira derrota do Darci, que vai se juntar a um grupo que não representa seus ideais de décadas e logo entrará em litigio, já no e exercício do poder. Teremos mais quatro anos de conturbação da ordem social, num momento em que a cidade já não aguenta.

Valmir e seu grupo esfacelou Parauapebas, destruiu as ultimas resistências, devolvendo-a aos momentos iniciais de sua fundação. Marabá avança a passos firmes para retomar sua grande influencia e poder cerceador sobre os municípios da região.

Mas as contas do governo Valmir continuam opacas, escuras, nebulosas. Todas as operações dos órgãos repressores mudaram o tom da gestão municipal mas até agora não foram capazes de alterar os destinos da cidade.