segunda-feira, 18 de julho de 2016

Senhores antigos



SENHORES FEUDAIS
Na moderna Parauapebas








A disputa pela prefeitura de Parauapebas começa a acirrar-se. De um lado Darci e Marcelo Catalão e do outro a troupe desajeitada de Valmir da Integral.

Parecem que estão sem rumo, fazem pesquisas e ainda não decidiram quem vai representa-los. Certamente buscarão a reeleição o que seria natural não fosse as tremendas trapalhadas e besteiras feitas ao longo desses quatro anos.

Torcemos para que o bom senso prevaleça agora e eles deem a cidade a chance de viver sem o sofrimento infligido por uma equipe que não sabe fazer mas  não quer largar o osso. 

Inaugurações que apenas envergonham por serem de obras de outra gestão e entregues inacabadas, falta de explicações para situações que regrediram no tempo, como as ações da saúde por exemplo e da agricultura.

Valmir trata seus expoentes – Gesmar e Horário como inimigos. Ambos tiveram bom desempenho e estão penalizados e no ostracismo. Mas Gesmar é uma real possibilidade de vir a substituir Valmir numa eventual reviravolta politica: os poderosos grupos de Belém não vão querer perder assim a maior arrecadação do interior do estado.

Povo mesmo, apenas em sonho. Acostumados com os grilhões senhoriais o povo entorpecido apenas assiste e visita reuniões, sempre atrás de algo que justifique seu voto.

Pedimos a este mesmo povo que não vote. Esses caras não merecem mesmo nossa confiança.

Valmir procurou a perdição, agora a tem. E no seu encalço, Darci e Marcelo Catalão. Veremos.