segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Visita recente a câmara dos vereadores de Parauapebas


Visita recente a câmara dos vereadores de Parauapebas. Desde 2005 visitamos a nobre casa a procura de serviços. Apresentamos sempre 11 propostas, diversas delas já aproveitadas pelos vereadores sem o devido reconhecimento/pagamento, tais como o minuto câmara e a câmara de vereadores mirins. É interessante notar que visitamos pessoalmente também, todos os gabinetes, com o estatuto das cidades comentado por nós, pedindo aos vereadores uma maior e mais determinante ação no orçamento participativo e no plano diretor da cidade. Não se obteve resposta, apenas comentários de alguns em off, que o executivo seria trazido pelo bigode, para negociar com eles a aprovação do projeto. Pois bem, fez-se o plano diretor e não se previu 5% do crescimento assombroso da cidade. Não se previu a cidade jardim, o maior loteamento de todo o sul do Pará, com suas milhares de casas, lojas, empresas e o centro comercial. Daí não se estudou a ampliação da oferta de água, energia elétrica, saneamento básico. Depois vieram loteamento amazonas, loteamento Canaã, prédios de 20 andares, conjuntos residenciais verticais e etc. cadê a oferta de leitos, de escolas, de transporte, de alimentos e bancos?  Não esta previsto em nenhum planejamento publico. Perdeu-se a oportunidade de dividir com o privado a expansão da rede de esgoto, de água. Inclusive, pode-se enquadrar esta gestão no crime de responsabilidade fiscal e omissão, ao permitir o surgimento de uma nova cidade, sem os serviços básicos previstos em lei.

 Isto sem falar na agressão escandalosa ao meio ambiente. Todas as águas vicinais urbanas foram tolhidas, aterradas, esgotadas. Morros foram cortados sem planejamento e estudos prévios, não se expandiu um milímetro a oferta de água e esgoto. Energia elétrica nem falamos, pedimos aos órgãos federais a cassação da concessão a rede Celpa, ela não da conta e não tem os recursos para atender sequer Parauapebas.
 Vários crimes sérios foram perpetrados contra a população de Parauapebas. Os culpados, os de sempre, executivo, legislativo pela omissão e silencio. População, empresas e empresários inescrupulosos. Quem pagara a conta?  Quanto custará retirar a bosta diariamente dos condomínios de luxo, Village da serra, Premium, e espigão Unique. Quanto custa retirar a merda diariamente do Unique shopping? Não ele esta conectado ao sistema autônomo do viver bem Parauapebas.
Os vereadores, fechados no seu silencio covarde assistem a tudo impassíveis. Nossas propostas são sequer respondidas com um não, muito obrigado, enquanto apóiam e usam as mesmas, de forma conveniente e traiçoeira. Não desistimos e vamos apresentar e trabalhar para ajudar a fazer desta cidade maravilhosa um lar para todos.

Aneilton visita a câmara há seis anos e nunca conseguiu conversar com nenhum vereador a respeito das propostas que transformariam a câmara em algo a serviço da cidade. Idéias das propostas apresentadas já foram utilizadas pelos vereadores, sem o respectivo reconhecimento/pagamento. Desta vez, fez-se acompanhar do Gilberlan, para documentar.








Fonte: EXCLUSIVA CONSULTORIA, MINERAÇÃO E SIDERURGIA